http-equiv=’refresh’ content=’0; Boulevard of Ideas: Lennon x McCartney

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Lennon x McCartney



Olá,

alguns de vcs podem ter lido esse texto no blog da minha faculdade há um tempo atrás, mas é que eu realmente estou sem inspiração p/ escrever por aqui e ao mesmo tempo eu gosto de mantê-los atualizados ;D

Fiquem a vontade p/ sugerir asssuntos que vocês gostariam de ler por aqui ^^

O texto de hoje é dedicado a dupla mais bem sucedida da história da música e que felizmente, um deles eu terei a chance de ver ao vivo nesse mês =D

Lennon x McCartney, uma relação de amor e ódio

A dupla Lennon – McCartney tornou-se lendária com as composições mais bem sucedidas da história da música. Junto de George e Ringo, eles formaram a banda mais conhecida de todos os tempos, os Beatles.

“She loves you”, “I wanna hold your hand” e “A day in the life” são apenas algumas das músicas que a dupla compôs e que fazem sucesso até hoje. O sucesso dos Beatles foi tão grande, que a banda inglesa tornou-se atemporal.

Porém, nem sempre os gênios se entendiam e com o passar dos anos, era cada vez mais raro a dupla compor junto. Não havia espaço o suficiente para dois “egomaníacos”. Com a aparição de Yoko Ono, o grande amor da vida de John, o clima foi ficando cada vez mais tenso entre todos os integrantes da banda. Lennon se afastava cada vez mais e Paul ia tomando a frente dos Beatles, e como “novo líder” fez o álbum mais conhecido deles, o aclamado “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”.

Muitos acreditam que essa relação de amor e ódio era explícita em algumas músicas como em “Don’t let me down”, onde John pedia a Paul para não desapontá-lo, pois ele (John) estava amando pela primeira vez e que dessa vez seria para sempre. Era como se fosse um pedido a Paul para que ele não o abandonasse e a resposta dele viria em “Oh! Darling” onde Paul cantou que nunca o deixaria (“I’ll never let you down”).

A banda acabou num clima bastante abalado e John estava bem magoado com Paul chegando a afirmar que este só fazia música para consultório de dentista e até cantou em “How do you sleep?” que a única coisa que Paul havia feito tinha sido “Yesterday” (que é a música mais regravada da história) e que uma carinha bonita (Paul era considerado o Beatle mais bonito) poderia durar um ano ou dois e depois ele teria que mostrar seu verdadeiro valor e que depois de tudo, ele (Paul) tinha que ter aprendido algo.

Após o término da banda, Lennon lançou o álbum “John Lennon / Plastic Ono Band” que atingiu ao oitavo lugar nos Estados Unidos e ao sexto, na Inglaterra. Já Paul lançava “McCartney II” que foi mais bem sucedido e chegou ao primeiro lugar nos EUA e ao segundo, na Inglaterra. Com isso, Lennon estava convicto que “sua arte era pérola jogada aos porcos e os fãs eram ‘idiotas filhos da p***’”.

Ao ser perguntado sobre a troca de farpas entre os dois, Lennon encerrou o assunto dizendo: “É o meu melhor amigo. Eu não posso brigar com um amigo meu?”.

Após a morte de John, Paul foi criticado pela “frieza” com que recebera a notícia, mas em entrevista à “Playboy” em 1984, McCartney disse que ficou assistindo ao noticiário naquele dia e que chorou a noite inteira. Paul fez parte do tributo de George Harrison a John na música “All those years ago”, junto de Ringo Starr.

Já em “Here Today”, música que Paul compôs para Lennon, ele canta: “I still remember how it was before / And I am holding back the tears no more / I Love You” (Eu ainda lembro como foi antes / e eu não estou mais segurando as lágrimas / eu te amo).
Lennon disse que o amor é a resposta (“Love is the answer”) e em se tratando dessa dupla, dessa relação de amor e ódio, definitivamente, essa é a resposta.

Bom gente, por hoje é só...

Feliz dia das mães p/ vc que é mãe e me lê e p/ mãe de vocês, meus queridos leitores ;D

Bjins

2 comentários:

  1. Eu acho q já li esse texto antes hauhau
    Mt bom, realmente vc é mt fã deles, sabe td hauhauha ;)
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Caramba, será? Existe tanta lenda rodeando bandas que a gente fica até na dúvida do que realmente acontecia. Será que eles "conversavam" mesmo através das músicas que faziam ou isso não é apenas uma estranha coincidência? Será mesmo que Lennon xingou o público ou suas palavras foram distorcidas numa situação aproveitada por algum jornalista atrás de polêmica? Ou será que não? Será que tinha mesmo mensagem subliminar nas músicas da Xuxa XD?

    Quem vai realmente saber? Perguntem ao Ringo!

    Beijos!

    ResponderExcluir