http-equiv=’refresh’ content=’0; Boulevard of Ideas: Maio 2011

domingo, 29 de maio de 2011

Music to cheer you up



Olá,

eu gostaria de dedicar o post de hoje a você que tá passando por uma fase ruim, a você que curte boa música, ou ainda para você que simplesmente lê esse blog ;D

Tem dias que vc acorda p*** da vida sem saber o porquê, do mesmo modo que há dias que você está triste sem motivo (ou com motivo), não importa. Todos temos os nossos dias ruins, mas para mim, há umas músicas que me animam nessas fases, seja pelo ritmo ou pela letra reconfortante que te faz pensar "É, eu não sou o único que já passou por isso". Então hoje eu selecionei umas músicas p/ animar você, que está tristinho e/ou dodói do coração. Não precisa ligar p/ chat chat chat line, o Boulevard te ajuda a superar ;D hahahahaha

- Let it be: The Beatles

When I find myself in times of trouble
Mother Mary comes to me
Speaking words of wisdom, let it be

And in my hour of darkness
She is standing right in front of me
Speaking words of wisdom, let it be


É.. podem falar o que quiser (inclusive que eu sou repetitiva e que já falei dessa música em outros posts), mas essas 3 palavrinhas podem mudar uma vida. Não estou dizendo "Sejam conformistas com tudo", até porque conformidade não é sinônimo de passividade, mas há momentos na vida em que devemos pensar "Deixe estar", pois nada é tão ruim que não possa piorar e nem tão bom que não possa melhorar.

- I'll be ok: McFly

When everything is going wrong
And things are just a little strange
It's been so long now you've forgotten how to smile
And overhead the skies are clear but it still seems to rain on you
And your only friends all have better things to do

When you're down and lost
And you need a helping hand
When you're down and lost along the way
Oh just tell yourself
I'll, I'll be ok

Não importa pelo o quê você está passando agora, você vai ficar bem, por mais que isso pareça improvável agora ;D "Just tell yourself I'll be ok" como um mantra que você acreditando nisso, você muda as coisas ;D

- Vamos comemorar: Capital Inicial

Não importa se isso é o fim
Não importa o que o destino quer pra mim
Vamos comemorar
Comemorar
A vida é assim
Quero deixar pra você
Antes do sol nascer
Uma canção
Pra você não esquecer

Às vezes parece que tudo já está escrito
O que será feito, o que será dito
Eu não tenho controle, eu só repito
Palavras que eu sei que queimam
E eu não faço nada, eu fico sem ação

-Welcome to wherever you are: Bon Jovi

Maybe we're all different but we're still the same
We all got the blood of Eden running through our veins
I know sometimes it's hard for you to see
You're caught between just who you are and who you want to be

If you feel alone and lost and need a friend
Remember every new beginning is some beginning's end

Welcome to wherever you are
This is your life; you made it this far
Welcome, you got to believe
That right here, right now
You're exactly where you're supposed to be
Welcome to wherever you are

"When you want to give up and your heart's about to break
Remember that you're perfect; God makes no mistakes" (Quando você está prestes a desistir e seu coração está a ponto de quebrar. Lembre-se que você é perfeito; Deus não comete erros)

- So young: The Corrs

Cause we are so young now, we are so young, so young now
And when tomorrow comes we can do it all again

We are chasin the moon just runnin wild and free
We are following through every dream and every need

And it really doesn't matter if we don't eat
And it really doesn't matter that we get no sleep
No it really doesn't matter, really doesn't matter at all

- Pro dia nascer feliz: Cazuza

Todo dia a insônia
Me convence que o céu
Faz tudo ficar infinito
E que a solidão
É pretensão de quem fica
Escondido, fazendo fita

Todo dia tem a hora da sessão coruja
Só entende quem namora
Agora vam'bora
Estamos, meu bem, por um triz
Pro dia nascer feliz
Pro dia nascer feliz
O mundo inteiro acordar
E a gente dormir
Pro dia nascer feliz
Essa é a vida que eu quis
O mundo inteiro acordar
E a gente dormir

- Smile: McFly

You don't have to have money
To make it in this world
You don't have to be skinny baby
If you wanna be my girl
Oh you just got to be happy
But sometimes that's hard
So just remember to smile, smile, smile
And that's a good enough start

So if you ain't good looking
Don't you let it get you down
And if your love life ain't cooking baby
There will be more fish around
Oh you just got to stay happy
So put away that frown
Just remember to smile, smile, smile
And turn the world around

Essa é feita p/s pessoas com problema de auto-estima...

E p/ finalizar, uma clássica do Bob Marley - Three little birds

Don't worry about a thing,
'Cause every little thing
Gonna be all right

Saying , don't worry about a thing
'Cause every little thing
Gonna be all right

Rise up this morning
Smile with the rising sun
Three little birds
It's by my doorstep
Singing sweet songs
Of melodies pure and true
Sayin',"This is my message to you"

Não vai ser esse post que vai alegrar vocês, mas espero que ajude um pouquinho nem que seja p/ conhecer coisa nova, pelo menos ^^

Como já dizia Drummond, "Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade" ;D

Boa semana!


Bjss

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Paul McCartney in Rio



Depois de uma baita frustração por não ter ido ao show do Paul no ano passado, o Macca voltou este ano p/ se apresentar na Cidade Maravilhosa e EU FUI!

Antes do show começar, havia um DJ no palco tocando todas as músicas dos Beatles nos mais variados ritmos e versões. Faltando uns 20 minutos p/ show, no telão apareceram milhares de fotos de todas as fases da carreira do Paul, fotos pessoais e jornais com as manchetes da época de sucesso do FabFour.

Com 15 minutos de atraso, as luzes apagaram e 45 mil pessoas (tão ansiosas quanto eu) começaram a vibrar e a berrar p/ receber O Paul. É inexplicável o que um simples “You say yes” desencadeou na multidão. Estavam todos eufóricos, afinal o show já começa com “Hello, Goodbye” dos Beatles.

Logo depois a famosa introdução de Jet começa e as pessoas começam a fazer um “W” com as mãos, fato que vai se repetir em todas as músicas do Wings.

Ao contrário do que pensei, não chorei. A felicidade era tão grande em finalmente realizar um sonho que as lágrimas nem saíram, mas confesso ter lacrimejado em alguns momentos, como:

-quando Paul falou que ia cantar a música que fez p/ seu amigo John e começa “Here today”;
-quando ele faz um tributo a George com “Something”, ele começa a música num bandolim e depois que a banda entra no refrão, no telão aparecem fotos do George foi emocionante;

-em Let it be por si só, todo o Engenhão iluminado com luzes de celulares, isqueiros e aqueles arcos que brilham;

-A day in the life por ser a música mais aguardada por mim e por ser um medley com “Give peace a chance” do Lennon, milhares de pessoas cantando o “All we’re saying is give peace a chance” foi maravilhoso;

- “Hey Jude”, porque cantar o “nanananana” com o Paul não tem preço, e o público levantou papéis escritos “Na” e Paul ficou emocionado;




- “Yesterday”, não é a toa que essa é a música mais regravada dos Beatles, é simplesmente linda.


Confira o vídeo de Yesterday:
video

Não posso deixar de falar do momento mais fantástico de todos, que foram as explosões em “Live and let die”. Os fogos de artifício no céu, os fogos no palco... Incrível, nunca vi nada igual.

É difícil não falar de todas as músicas que foram absolutamente fantásticas, mas gostaria de destacar “Day Tripper” que é o meu toque do celular de tão boa e “Helter Skelter”, que não tem outra palavra que descreva essa música a não ser FODA. Não teve uma pessoa que não pulou ou que ficou quase sem cantando “When I get to the bottom I go back to the top of the slide and I stop and I turn and I go for a ride and I get to the bottom and I see you agaaaaaain, yeah yeah yeah”

De verdade, o público do Rio foi sensacional e conseguiu emocionar o Paul com os balões, essa surpresa em Hey Jude, as luzes, a cantoria que não parou durante todo o show...

Com certeza, adultos e crianças saíram do Engenhão extasiados e com a sensação de que tinham acabado de ver o melhor show de suas vidas!

Set list
1) "Hello goodbye"
2) "Jet"
3) 'All my loving"
4) "Letting go"
5) "Drive my car"
6) "Sing the chances"
7) "Let me roll it"
8) "Long and widing road"
9) "1985"
10) "Let em in"
11) "I´ve just seen a face"
12) "And I love her"
13) "Black bird"
14) "Here today"
15) "Dance tonight"
16) "Mrs Vandebilt"
17) "Eleanor Rigby"
18) "Something"
19) "Band on the run"
20) "Ob-la-di, ob-la-da"
21) "Back in the USSR"
22) "I gotta feeling"
23) "Paperback writer"
24) "A day in the life"
25) "Let it be"
26) "Live and let die"
27) "Hey jude"
28) "Day tripper"
29) "Lady Madonna"
30) "Get back"
31) "Yesterday"
32) "Helter Skelter"
33) "Sgt. Peppers lonely hearts club band"


Aos que vão ao show hoje, divirtam-se! Tenho certeza que vocês vão amar ;D

Bjs!

sexta-feira, 13 de maio de 2011

O que eu também não entendo...



Olá,

Antes de mais nada gostaria que vocês dessem uma lida e falassem o que acharam de duas matérias que eu fiz para o Acontece em Petrópolis. Uma é sobre o Saint-Exupéry (autor de O Pequeno Príncipe) e a outra é sobre os poetas que viveram em Petrópolis. Se gostarem, divulgem o site para seus amigos e se não gostarem, para os inimigos hahahaha

Bom, esse post nada mais é que uma total falta de assunto da minha parte, então perdoem a minha falta de criatividade e SUGIRAM TEMAS NOS COMENTÁRIOS ;D Sobre o que vocês gostariam de ler? Assim facilita a minha vida ;D Mas enquanto eu não recebo sugestões, aí vai um post sobre expressões da internet. Por favor, fiquem a vontade para acrescentarem outras que eu esqueci e expliquem também hahahaha

O que eu também não entendo...

Essas gírias da Internet são TENSAS! Aliás, por que de uns tempos para cá essa palavra está sendo usada para tudo? “Fui mal na prova. Tenso”, “Esse jogo está tenso”, “Putz, falei com fulano e o papo foi tenso”. Tensa fico eu lendo isso o tempo todo. Usem outra palavra, o que não faltam são sinônimos na nossa língua.

Gente, para quê tanta sigla? Sério, já não bastam as milhares que a gente tem que saber no dia-a-dia e agora tem tantas outras nesse mundinho virtual. Para esse post, pesquisei algumas que nem sabia que existiam como esta: ROFLMAO. Isso nem chega a ser uma sigla, já é praticamente uma palavra que significa Rolling On the Floor Laughing My Ass Off, ou seja, rolando no chão de tanto rir. Gente, que mal há em simplesmente rir? Um “hahahaha”, “hauihaiuahauiha” ou um simples “rs” já dão conta do recado, mas vocês insistem em complicar. O “LOL” (laughing out loud) é mais popular caso vocês façam questão de usar uma sigla...

Sou só eu ou vocês também não conhecem o “noob”? Noob significa que é novo em algo; é o novato, mas muitas pessoas usam mais como insultos do tipo "fraco". É sinônimo de Loser então ou é usado em outro contexto? Aguardo esclarecimentos nos comentários!

Convenhamos que “OMG” (Oh my God = ó meu Deus) é expressão de patricinha em Gossip Girl, né? Por onde andam o “Ai Meu Deus” ou ainda o “Valha-me, Deus”? Valorizem as nossas expressões! Tem umas que são porretas...

Só p/ finalizar, outra coisa que eu também não entendo: o uso de “seu/ sua lindo(a)”. WTF? Quem fala isso que me perdoe, mas soa muito falso, embora não seja esta a intenção. Viram, seus lindos?

Sem querer bancar a “Policarpo Quaresma”, mas vamos começar a usar o nosso idioma e suas expressões ao invés de copiar a fala dos outros, afinal o que não faltam são expressões e regionalismos, né?

Vocês podem relembrar algumas expressões (clichês) abaixo:

Estou com a pulga atrás da orelha - desconfiado, encucado

Sebo nas canelas - corra o mais rápido que puder

Ficar marcando touca – ficar dando bobeira bobeando numa situação

Pensar na morte da bezerra – estar distraído pensando em outra coisa

Sangue de barata – aquela que é insensível, não se comove com nada

Ter o rei na barriga (= ficar se achando) – pessoa metida que está se achando a melhor do mundo

Nem a pau – Dizer nem a pau é o mesmo que dizer: “ nem que me matem a pauladas” ou “nem sob tortura”

Vai pentear macaco – esta é da mesma turma do “vai ver se estou na esquina”,”vai lamber sabão”, “vai plantar batatas” e “vai catar coquinho” e todas querem dizer a mesma coisa: “VÊ SE NÃO ENCHE E ME DEIXA EM PAZ”

Tirar o time de campo –estou indo embora, tchau!!

Pensando com meus botões – quem usa esta é porque quer ficar sozinho num canto, pensando..

Onde é que fui amarrar meu burro? – usada quando estamos em uma situação desfavorável na qual gostaríamos muito de não estar

Entrar numa roubada – é o mesmo que entrar numa fria

A vaca vai para o brejo – sinônimo de “já era” ou o grosseiro “Fu***”

Ir para o saco –surgiu durante a 2ª GUERRA MUNDIAL em que os soldados mortos eram colocados numa espécie de saco, com zíper

Bola p/ frente – tocar a vida para frente

Chinfrim – algo que é muito inferior, comparado com alguma coisa superior que também é do nosso conhecimento.

Mala sem alça – insuportáveis.

Meu peixe – aquele que é muito amigo, quase irmão de quem está falando

Pé murcho – No futebol esta é usada para fazer referência àquele jogador fortão como um tigre, mas que tem um chutinho de moça

Lambe bota – Agora nos referimos ao puxa-saco, que também é conhecido pejorativamente como chupa-ovo

É isso gente...

Bom final de semana ;D

Bjins

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Lennon x McCartney



Olá,

alguns de vcs podem ter lido esse texto no blog da minha faculdade há um tempo atrás, mas é que eu realmente estou sem inspiração p/ escrever por aqui e ao mesmo tempo eu gosto de mantê-los atualizados ;D

Fiquem a vontade p/ sugerir asssuntos que vocês gostariam de ler por aqui ^^

O texto de hoje é dedicado a dupla mais bem sucedida da história da música e que felizmente, um deles eu terei a chance de ver ao vivo nesse mês =D

Lennon x McCartney, uma relação de amor e ódio

A dupla Lennon – McCartney tornou-se lendária com as composições mais bem sucedidas da história da música. Junto de George e Ringo, eles formaram a banda mais conhecida de todos os tempos, os Beatles.

“She loves you”, “I wanna hold your hand” e “A day in the life” são apenas algumas das músicas que a dupla compôs e que fazem sucesso até hoje. O sucesso dos Beatles foi tão grande, que a banda inglesa tornou-se atemporal.

Porém, nem sempre os gênios se entendiam e com o passar dos anos, era cada vez mais raro a dupla compor junto. Não havia espaço o suficiente para dois “egomaníacos”. Com a aparição de Yoko Ono, o grande amor da vida de John, o clima foi ficando cada vez mais tenso entre todos os integrantes da banda. Lennon se afastava cada vez mais e Paul ia tomando a frente dos Beatles, e como “novo líder” fez o álbum mais conhecido deles, o aclamado “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”.

Muitos acreditam que essa relação de amor e ódio era explícita em algumas músicas como em “Don’t let me down”, onde John pedia a Paul para não desapontá-lo, pois ele (John) estava amando pela primeira vez e que dessa vez seria para sempre. Era como se fosse um pedido a Paul para que ele não o abandonasse e a resposta dele viria em “Oh! Darling” onde Paul cantou que nunca o deixaria (“I’ll never let you down”).

A banda acabou num clima bastante abalado e John estava bem magoado com Paul chegando a afirmar que este só fazia música para consultório de dentista e até cantou em “How do you sleep?” que a única coisa que Paul havia feito tinha sido “Yesterday” (que é a música mais regravada da história) e que uma carinha bonita (Paul era considerado o Beatle mais bonito) poderia durar um ano ou dois e depois ele teria que mostrar seu verdadeiro valor e que depois de tudo, ele (Paul) tinha que ter aprendido algo.

Após o término da banda, Lennon lançou o álbum “John Lennon / Plastic Ono Band” que atingiu ao oitavo lugar nos Estados Unidos e ao sexto, na Inglaterra. Já Paul lançava “McCartney II” que foi mais bem sucedido e chegou ao primeiro lugar nos EUA e ao segundo, na Inglaterra. Com isso, Lennon estava convicto que “sua arte era pérola jogada aos porcos e os fãs eram ‘idiotas filhos da p***’”.

Ao ser perguntado sobre a troca de farpas entre os dois, Lennon encerrou o assunto dizendo: “É o meu melhor amigo. Eu não posso brigar com um amigo meu?”.

Após a morte de John, Paul foi criticado pela “frieza” com que recebera a notícia, mas em entrevista à “Playboy” em 1984, McCartney disse que ficou assistindo ao noticiário naquele dia e que chorou a noite inteira. Paul fez parte do tributo de George Harrison a John na música “All those years ago”, junto de Ringo Starr.

Já em “Here Today”, música que Paul compôs para Lennon, ele canta: “I still remember how it was before / And I am holding back the tears no more / I Love You” (Eu ainda lembro como foi antes / e eu não estou mais segurando as lágrimas / eu te amo).
Lennon disse que o amor é a resposta (“Love is the answer”) e em se tratando dessa dupla, dessa relação de amor e ódio, definitivamente, essa é a resposta.

Bom gente, por hoje é só...

Feliz dia das mães p/ vc que é mãe e me lê e p/ mãe de vocês, meus queridos leitores ;D

Bjins