http-equiv=’refresh’ content=’0; Boulevard of Ideas: Dia internacional da mulher

domingo, 7 de março de 2010

Dia internacional da mulher

Olá,

Dia 8/03, como todos bem sabem, é celebrado o dia internacional da mulher e eu não poderia deixar de fazer um post sobre isso, afinal nós merecemos! Embora o nosso dia, seja todos os dias, é legal que tenhamos um dia só nosso no calendário =D

Para você que carregou durante 9 meses uma (ou mais) criança(s) em seu ventre, enjoou, sentiu as dores do parto e a difícil cicatrização, trabalha o dia inteiro para ter seu próprio dinheiro e ainda tem tempo para cuidar dos filhos e da casa; para você que corta um dobrado p/ se manter bonita, tendo que enfrentar a dor de uma depilação, aquele secador super quente na cabeça para ficar com um penteado bonito, ou ainda aquele bife que a manicure tirou quando foi fazer sua unha; para você que tem que acordar cedo vestir um tailleur e um salto para ir trabalhar as 6 da madruga (convenhamos que ainda é madruga hahaah) mesmo que esteja morrendo de cólica, para você que é mãe, trabalhadora, menina, mulher, solteira, casada, viúva, enrolada e que é essencial na vida de alguém, hoje é seu dia!

Curiosidade: A ideia da existência de um dia internacional da mulher foi proposta na virada do século XX, no contexto da Segunda Revolução Industrial, quando ocorre a incorporação da mão-de-obra feminina em massa, na indústria. As condições de trabalho, frequentemente insalubres e perigosas, eram motivo de frequentes protestos por parte dos trabalhadores. As operárias em fábricas de vestuário e indústria têxtil foram protagonistas de um desses protestos contra as más condições de trabalho e os baixos salários, em 8 de Março de 1857, em New York.

O post de hoje será sobre as grandes mulheres da humanidade.



Agnes Gonxha Bojaxhiu, a Madre Teresa de Calcutá

Foi uma missionária católica beatificada pela Igreja Católica em 2003. Fundou a congregação "Missionárias da Caridade". Resolveu tornar-se missionária, aos 12 anos, quando ouviu um jesuíta que era missionário na Índia dizer: "Cada qual em sua vida deve seguir seu próprio caminho". Impressionada, resolveu dar um sentido à sua vida a entregar-se a serviço dos outros. Ensinou às crianças indianas, o alfabeto e as regras de higiene. A sua tarefa diária centrava-se na angariação de donativos e na difusão da palavra de alento e de confiança em Deus. Morreu em 1997 aos 87 anos, de ataque cardíaco, quando preparava um serviço religioso em memória da Princesa Diana de Gales, sua grande amiga e falecida ela própria 6 dias antes, num acidente de automóvel em Paris.



Zilda Arns Neumann

Foi fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança e da Pastoral da Pessoa Idosa. Formada em medicina, aprodunfou-se em sanitarismo, saúde pública e pediatria. Salvou crianças pobres da mortalidade infantil, da desnutrição e da violência em seu contexto familiar e comunitário. Desenvolveu uma metodologia própria de multiplicação do conhecimento e da solidariedade entre as famílias mais pobres, baseando-se no milagre bíblico da multiplicação dos dois peixes e cinco pães que saciaram cinco mil pessoas, como narra o Evangelho de São João (Jo 6:1-15).

A pastoral da criança acompanhou 1 816 261 crianças menores de seis anos e 1 407 743 de famílias pobres em 4060 municípios brasileiros, já a pastoral da pessoa idosa, atualmente acompanha mensalmente mais de cem mil idosos, por doze mil voluntários de 579 municípios de 141 dioceses de 25 estados brasileiros.

Zilda Arns morreu numa missão humanitária em Porto Príncipe (Haiti), vítima do violento terremoto que atingiu o país no dia 12 de janeiro desse ano.




Maria Skłodowska, a Marie Curie

Foi a primeira pessoa a ser laureada duas vezes com um Prémio Nobel, de Física, em 1903 (dividido com seu marido Pierre Curie e Becquerel) pelas suas descobertas no campo da radioatividade (que naquela altura era ainda um fenómeno pouco conhecido)e com o Nobel de Química de 1911 pela descoberta dos elementos químicos rádio e polônio. Marie Curie morreu perto de Salanches, França, em 1934 de leucemia, devido, seguramente, à exposição maciça a radiações durante o seu trabalho. Em 1995 seus restos mortais foram transladados para o Panteão de Paris, tornando-se a primeira mulher a ser sepultada neste local.



Gabrielle Bonheur Chanel, Coco Chanel

Foi uma importante estilista francesa e suas criações, até hoje ditam a moda mundial.
Revolucionou a década de 20, libertando a mulher dos trajes desconfortáveis e rígidos do final do século 19. Um verdadeiro mito, Chanel reproduziu sua própria imagem, a mulher do século 20, independente, bem-sucedida, com personalidade e estilo.
Faleceu no Hotel Ritz Paris em 1971, onde viveu por anos. O seu funeral foi assistido por centenas de pessoas que levaram as suas roupas em sinal de homenagem.



Clarice Lispector

Autora de linha introspectiva, buscava exprimir, através de seus textos, as agruras (asperexas) e paradoxos do ser. Suas obras caracterizam-se pela exacerbação do momento interior e intensa ruptura com o enredo factual, a ponto de a própria subjetividade entrar em crise. Serviu como voluntária na campanha da Itália durante a II Guerra Mundial, no corpo de enfermagem da Força Expedicionária Brasileira.

Morreu devido à um câncer inoperável no ovário.



Cleópatra

É uma das mulheres mais conhecidas da história da humanidade e um dos governantes mais famosos do Egito. Foi a última rainha da dinastia de Ptolomeu, general que governou o Egito após a conquista daquele país pelo rei Alexandre III da Macedônia. Era filha de Ptolomeu XII e de Cleópatra V.

Cleópatra falava sete ou oito línguas, entre as quais o grego, o arameu, o etíope, a língua dos Medas, o hebraico e o latim. Teve um caso com Júlio César e Marco Antônio.

Depois dela e Marco Antônio terem sido derrotados por Otávio na batalha naval de Áccio, ambos cometeram suicídio, tendo Cleópatra se deixado picar por uma serpente em Alexandria no ano 30 a.C., e o Egito tornou-se inteiramente uma província romana.

Curiosidade: Todos nós sabemos que Cleópatra era "bem safadjenha" e como método contraceptivo, a rainha do Egito usava marinhas embebidas em vinagre lá mesmo. Embora eu tenha lido em outro lugar, que ela usava vísceras de cabra bem limpas e amarradas com barbante... E ainda reclamam que a camisinha é incômoda...




Norma Jean Baker, a Marilyn Monroe

Foi uma atriz americana, símbolo de sensualidade e ícone de popularidade do século XX.

Teve um romance com os irmãos Kennedy (John e Robert). No aniversário de John, Marilyn cantou "Happy Birthday, Mr President" de uma forma bem sensual. No Golden Globes de 1962, Marilyn foi nomeada a "personalidade feminina favorita de todo cinema mundial", provando mais uma vez que era mundialmente adorada.

Morreu aos 36 anos, devido à uma overdose de barbitúricos (sedativos e calmantes).



María Eva Duarte de Perón, la Evita Perón

Tornou-se a primeira dama da Argentina quando Juán Domingo Perón foi eleito presidente. Foi líder argentina. Para muitos, Eva Perón foi, na verdade, a única voz retumbante no coração do povo pobre e trabalhador da Argentina; foi, para os miseráveis, a única referência confiável e capaz de unir, se quisesse, com um gesto apenas, todas as vontades em uma só, todas as vozes em uma só, a voz do povo explorado e expoliado pela classe rica e insensível às suas necessidades mais elementares. Para esses adoradores, este milagre, só Evita conseguiu operar.

Morreu aos 33 anos, de câncer uterino.

Essas e muitas outras mulheres ficaram marcadas na história, mas somos nós, mulheres "comuns" que fazemos a história todos os dias. Não precisamos ser famosas para termos nosso reconhecimento, basta olharmos para um simples sorriso dirigido a nós, que reconhecemos o nosso valor ;D

Boa semana a todos!

ps:hj tem o Oscar, alguém mais torcendo p/ "Bastardos Inglórios" ganhar como melhor filme? Avatar merece ganhar pelos efeitos e tal, mas melhor filme eu acho d+... Q q vcs acham?

Bjsss

4 comentários:

  1. Ah, mulheres!
    Eu sou um dos maiores adoradores de mulheres da face da Terra. Simplesmente acharia o mundo um tédio/porre/saco (escolha sua opção) se elas não existissem. Feliz dia da Mulher, portanto!
    Acho que não faria lista melhor das mulheres mais notáveis da história. E todas foram absolutamente geniais no que fizeram.
    Mas, sim, mulheres "comuns" são igualmente poderosas.
    Estou torcendo para UP e Bastardos Inglórios. Gostei muito de Avatar, mas não foi tão revolucionario no roteiro. Pra mim ele pecou nisso.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Olá !Feliz Dia da Mulher pra nós!! ahuahau
    eh legal msm ter um dia soh das mulheres hauhauah
    Realmente vc citou grandes mulheres que fizeram a diferença...
    A unica q eu naum conhecia foi Marie Curie mas achei bem interressante a história dela!
    O Oscar.... bom sei lah, naum gostei mt dos ganhadores naum, ainda naum vi "Guerra ao terror" entaum naum posso dizer mt coisa, mas foi legal a Kathryn Bigelow ter ganhado e tal, ainda mais hj hauhauha
    Bastardos Inglórios merecia ter levado algum prêmio... acho q o Oscar deveria ter um limite d premios por ano pra cada filme, assim outros ótimos filmes tb seriam premiados... concorrendo com Avatar e Guerra ao Terror fica dificil ganhar....
    mas foi legal a Sandra Bullock ter ganhado tb!
    mt bom o post!!!

    bjss

    ResponderExcluir
  3. Vocês tem muito a comemorar! Mulheres, seus seres inconstantes. Lutaram e alcançaram patamares importantes. O engraçado nisso é que os homens não estão preocupados. Sim, por que estamos fugindo hoje de qualquer tipo de responsabilidade. "Quer ficar no topo? fique a vontade" Ai, vocês se desdobram em mil, para dar conta de tudo aquilo que vocês assumiram.

    ResponderExcluir