http-equiv=’refresh’ content=’0; Boulevard of Ideas: Janeiro 2010

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

The Cranberries


Olá,

Não precisa ser nenhum gênio p/ adivinhar o tema do post de hoje, lógico que é sobre o show do Cranberries que eu fui ontem =D

The Cranberries é uma banda de rock irlandesa formada por Dolores O'Riordan (vocalista), Mike Hogan (baixista), Noel Hogan (guitarrista) e Fergal Lawler (baterista) e ontem pela primeira vez, ainda com a formação inicial, a banda fez seu primeiro show no Rio de Janeiro, às 21:30 (sem atraso) no Citibank Hall.

Uma hora antes do show já estou sentada no camarote aguardando ansiosamente o começo do show. A casa ainda está vazia, e minha única companhia é a bosta de uma barata que eu só notei que estava ali quando senti algo caminhando pelo meu pé. Vou dizer que a bichinha corre! Eu pisei nela 2 vzs e a desgraçada ñ morreu, ñ é a toa que se houver uma guerra, elas serão as únicas sobreviventes... 21:30 as luzes apagam, os avisos chatos de smp são anunciados e a mágica começa.
A banda entra no palco introduzindo "How", e logo depois Dolores entra toda simpática falando "Ro de Janeiroooo" e começa "Look, you're standing alone..." e a música começa, nem preciso falar que como um bom público brasileiro, todo mundo cantou todas as músicas a plenos pulmões, e na segunda música todo começou a pular e a cantar mais animado ainda, era "Animal Instinct" que começava p/ minha euforia também. Na sequência (minhas músicas preferidas seguidas foi incrível), o "uuuuuhmmmm" já tão conhecido começa e um dos maiores sucessos da banda surge no palco, é a vez de "Linger" (você certamente conhece essa música e ñ sabia de quem era, agora sabe haha).
"Ordinary Day", "Wanted", "You and me" e "Dreaming my dreams" vieram na sequência e depois dessas, veio uma das mais aguardadas (por mim): "When you're gone". Essa música é simplesmente fantástica, e ao vivo é ainda melhor! Aliás, ouvir ao cd e ouvir a banda ao vivo é praticamente a mesma coisa, a voz da Dolores não muda, é a mesma afinação e "perfeição vocal" tanto em um como no outro. "Daffodil Lament" veio depois, confesso que é uma música que eu smp pulo do cd pq eu acho chata, mas mudei meu conceito totalmente ao ouví-la no show. Eu nunca tinha reparado no poder do instrumental dessa música, é maravilhoso!

"I can't be with you" e a fofinha "Pretty" antecedem um outro grande sucesso da banda: "Ode to my family". Essa música foi a minha favorita durante mt tempo, gosto mais dela do que de "Linger" e também foi "sublime" (repare que estou tentando diversificar os adjetivos p/ ñ ficar repetitivo hahaha).

"Waltzing back", "Switch off the moment" que são mais calminhas é a hora que as pessoas aproveitam p/ descansar um pouco e só apreciar a banda e sua performance. Até pq, logo dps vem "Salvation", "Ridiculous Thoughts" e Zombie p/ abalar as estruturas do lugar.

A famosa saidinha da banda parecendo o final é depois de "Zombie", e acreditem se quiser, mas ainda há pessoas que pensam que é o final do show e vão embora Oo".

Eles voltam com "Empty", "The Journey" e "Promises" que logo no início dos shows as pessoas haviam pedido p/ ser tocada e ela só falou "I promise you we'll play Promises", e tocaram p/ alegria de todos. Fecharam o show com chave de ouro, com "Dreams". Ela até brincou com as serpentinas que foram jogadas no palco e foi embora com elas enroladas no corpo.

Jogando água no público, conversando smp entre uma música e outra o show durou +/- 2h que pareceram ter sido 5 minutos de tão rápido que passou, mas valeu cada centavo que paguei ;D

Senti falta de "Just my imagination" e de "This is the day", mas em todo show é assim, smp tem umas músicas que a gnt sente falta né?



How


Linger


Salvation


Quem sabe dps eu poste mais vídeos ;D

Bjss

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Enem 2009

Olá,

quem nunca se divertiu ao ler as pérolas do ENEM que atire a primeira pedra! Recebi por email as pérolas do ano passado, logicamente me diverti mas fiquei preocupada ao mesmo tempo. As pessoas que fazem essa prova, são estudantes do ensino médio, que teoricamente deveriam ter o mínimo de cultura e deveriam saber conjugar verbos, saber que certas palavras não existem, saber escrever corretamente outras tão comuns, saber o que são figuras de linguagem.. enfim, não é exigir muito, isso é o MÍNIMO exigido para pessoas que almejam fazer uma faculdade, e que serão os nossos futuros profissionais [lembrem-se que só tem um Lula, e que ñ estudar ñ significa que vc pd vir a se tornar presidente pq algm conseguiu, o Lula ñ é burro, só ñ tem cultura]. Aliás de burro, o "presida" ñ tem nada né? Falando a linguagem do povo, o cara chegou na presidência, foi reeleito e tem um dos maiores índices de aprovação há mt tempo ñ visto. Não tenho dúvidas de que se ele pudesse se candidatar novamente, ele levaria essa tranquilamente também. Afinal, não é qualquer um que consegue ser considerado um dos homens mais influentes do mundo, e é descrito como sendo "O cara" pelo presidente da maior potência do mundo [palavras de Obama].

Vocês devem estar me achando contraditória, afinal eu já falei mal do Lula algumas vezes por aqui e continuo não gostando e não aprovando MT coisa que ele fez [pq fez mt cagada tbm], mas não posso desmerecer que ele teve lá seus méritos e que comparado ao seus antecessores, ele foi o melhor até agora [embora poderia ter sido MT melhor e na boa, indicar a Dilma como sucessora? Fala sério!].

Desculpem pq acabei fugindo do assunto, não to aqui p/ falar de Lula, nem de Dilma nem de política, então vamos as pérolas do ENEM 2009:
obs: os comentários entre parêntesis já vieram no email, os com -> são os meus xD

1) "o problema da amazônia tem uma percussão mundial. Várias Ongs já se estalaram na floresta." (percussão e estalos. Vai ficar animado o negócio)

-> Imaginei os índios reunidos com o cacique tocando percussão, enquanto os outros se alongam e "estalam" os dedos e outras articulações... Pelo menos ele escreveu percussão com SS hehehehe

2) "A amazônia é explorada de forma piedosa." (boa)

-> Enquanto cortam as árvores, os caras cantam "Serra, serra serrador. Quantas tábuas você serrou?" p/ ñ ficar uma coisa tão brutal. xD

3) "Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar planeta."(tamo junto nessa, companheiro. Mais juntos, impossível)

-> Oeeeeeee Olha o pleonasmo aí gente! Unir juntos? Tem como unir separado????

4) "A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e
créu." (e na velocidade 5!)

-> Uniu patrimônio cultural do RJ (eufemismo p/ funk haha) com biologia, fazendo alusão ao nosso maior patrimônio que é a Amazônia. Brilhante!

5) "Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta." (pra deixar bem claro o tamanho da destruição)

-> E salvando os salvadores destrói a salvação da floresta?!?!?! Fiquei perdida com essa sentença Oo"

6) "O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação." (pleonasmo é a lei)

-> Encheção de linguiça detected!

7) "Espero que o desmatamento seja instinto." (selvagem)

-> Também prefiro acreditar que o desmatamento seja instinto ao acreditar que seja uma decisão "racional"...

8) "A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo." (o verdadeiro milagre da vida)

-> A Arca de Noé pelo visto sobreviveu a tempestade e os aninmais fugiram p/ Amazônia!

9) "A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta." (também fiquei emocionado com essa)

->E a chuva ácida é fruto do vômito dos anjos de ressaca [tudo muito poético!]

10) "Tem empresas que contribui para a realização de árvores renováveis." (todo mundo na vida tem que ter um filho, escrever um livro, e realizar uma árvore renovável)

-> Uaaaaaaaaau, essa empresa deve estar miLHOnária! ¬¬

11) "Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas." (esqueceu que também ficam sem o home theater e os dvd's da coleção do Chaves)

-> O substantivo comida virou o particípio do verbo comer [no feminino ainda por cima] ou foi o particípio do verbo dormir [tbm no feminino] que virou um substantivo?

12) "Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna." (amém)

-> Amém (2)!

13) "Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza." (e as renováveis?)

-> é pq as artificiais são tão difíceis de cortar!

14) "A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica." (deve ser culpa da morte ecológica)

-> Pensei que fossem as árvores renováveis...

15) "A amazônia tem valor ambiental ilastimável." (ignorem, por favor)

-> Lastimável ter que ler isso...

16) "Explorar sem atingir árvores sedentárias." (peguem só as que estiverem fazendo caminhadas e flexões)

-> Sacanagem atingir a floresta que tá lá paradinha! [vide nº 4]

17) "Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela amazônia." (o quê?)

-> Assim que adubaram a floresta...

18) "Paremos e reflitemos." (beleza)

-> que SEJE agora então!

19) "A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não autorizadas." (onde está o Guarda Belo nessas horas?)

-> é isso ae, ordem nessa zona! Tem que ter crachá!

20) "Retirada claudestina de árvores." (caráulio)

-> p/ venda no mercado veLde... [tá, foi péssima essa xD]

21) "Temos que criar leis legais contra isso..." (bacana)

-> tbm acho! As leis são mó chatas cara!

22) "A camada de ozonel." (Chris O'Zonnell?)

-> composta por moléculas de oxigêneol...

23) "a amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor." (a solução é colocar lá o pessoal da Zorra Total pra cortar árvores)

-> Mulheres de TPM e as encalhadas são um perigo p/ meio ambiente!


24) "A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas sem coração." (para fabricar o papel que ele fica escrevendo asneiras)

-> é lei! Antes de cortar uma árvore, deve-se coçar a bunda!

25) "A amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo desmatamento devastador, intenso e imperdoável." (campeão da categoria "maior enchedor de lingüiça")

-> Rivotril p/ Amazônia!

26) "Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação." (NÃO!)

-> Prefiro 1 minuto de silêncio.

27) "Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários xises." (gênio da matemática)

-> Pitágoras que se cuide...

28) "A natureza está cobrando uma atitude mais energética dos governantes." (red bull neles - dizem as árvores)

-> red bull e mt axé, uhuuuul

29) "O povo amazônico está sendo usado como bote expiatório" (ótima)

-> é duro os índios terem que nadar levando os brancos nas costas viu?

30) "O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando." (subindo!)

-> Jura?

31) "Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões, ursos, etc." (deve ser a globalização)

-> Deve ter até pinguim lá! [agora vcs já sabem onde a Coca grava os comerciais né? hahha]

32) "Convivemos com a merchendagem e a politicagem." (gzus)

-> e a publicitagem, o jornaleirismo, a aCeÇoragem...

33) "Na cama dos deputados foram votadas muitas leis." (imaginem as que foram votadas no banheiro deles)

-> tá explicado como eles f*** o país!

34) "Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta amazonia." (oh god)

-> Seu creysson tbm fez a prova?

35) "O que vamos deixar para nossos antecedentes?" (dicionários)

-> espero que o autor dessa frase USE CAMISINHA! hahaha

E p/ terminar a sessão de besteirol, um videozinho sexy p/ vcz xD~

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Avatar / Separados pelo nascimento

Olá,

depois de 5 semanas desde a estreia, hoje eu resolvi assistir Avatar, afinal um filme tão comentado, ganhador de 2 Globos de Ouro (melhor filme e melhor diretor - James Cameron) e indicado a vários Oscars, eu não poderia deixar de ver.



Sinopse. Jake Sully (Sam Worthington) ficou paraplégico após um combate na Terra. Ele é selecionado para participar do programa Avatar, onde poderá voltar a andar. Para tanto viaja a Pandora, uma lua extraterrestre onde encontra diversas e estranhas formas de vida. O planeta é também o lar dos Navi, seres humanóides que, apesar de primitivos, possuem maior capacidade física que os humanos. Os Navi têm três metros de altura, pele azulada e vivem em paz com a natureza de Pandora. Os humanos desejam explorar a lua, de forma a encontrar metais valiosos, o que faz com que os Navi aperfeiçoem suas habilidades guerreiras. Como são incapazes de respirar o ar de Pandora, os humanos criam seres híbridos chamados de Avatar. Eles são controlados por seres humanos, através de uma tecnologia que permite que seus pensamentos sejam aplicados no corpo do Avatar. Desta forma Jake pode novamente voltar à ativa, com seu Avatar percorrendo as florestas de Pandora e liderando soldados. Até conhecer Neytiri (Zoe Saldana), uma feroz Navi que conhece em batalha..

->É até óbvio e redundante dizer que o filme é super bem feito, com efeitos de alta qualidade, cenários e paisagens criados com perfeição. Confesso que não queria ver o filme, pois pelo trailer eu já tinha achado o filme chato e bobo, mas valeu a pena pagar p/ ver um verdadeiro espetáculo. Fiquei encatada com a paisagem, especialmente com a árvore sagrada deles. A historinha é bobinha e tal e o filme é muito longo,(as cenas de "luta" poderiam ter sido reduzidas)mas vale a pena conferir, com certeza Avatar é diferente de tudo que você já viu.

Curiosidade: Avatar é uma manifestação corporal de um ser imortal segundo a religião hindu, por vezes até do Ser Supremo. Deriva do sânscrito Avatāra, que significa "descida", normalmente denotando uma (religião) encarnações de Vishnu (tais como Krishna), que muitos hinduístas reverenciam como divindade.

Muitos não-hindus, por extensão, usam o termo para denotar as encarnações de divindades em outras religiões.

************************************************

Em um post interior (vide post de 08/2009 "Filosofia de Boteco") eu já havia feito uns "Separados pelo nascimento", e na falta do que fazer, criei mais alguns que pelo menos, eu acho parecidos ;D



Márcio Ballas (apresentador de "é tudo improviso") e Mike Dirnt (baixista do Green Day)



Bianca (ex-bbb) e Sérgio (atual BBB)



Morten Harket (vocalista do A-Ha) e Patrick Swaize



Henri Castelli e Bradley Cooper



Paul McCartney, bulldog e pug xD



Milla Christie e Christine Fernandes



Kevin Zegers e Zac Efron



Daniel Sixel (ex-colega de classe) e George Harrison



Carolina de Menezes (friend of mine) e Sandy

*o jeito de ser, o modo de falar que é mais igual, e quando ela canta tbm hahaha



Prof Ronaldo (prof de biologia) e Renato Russo



Fernanda Freitas e Débora Secco



Fernanda Torres e Alanis Morissette (em um epi de "Os Normais" satirizaram essa semelhança onde a Vani se passa por Alanis)



Emma Watson e Jim Carrey (o sorriso lembra mt)



playmobil e Samuel Rosa (vocalista do Skank)

*o Pânico que fez a comparação hahaha

P/ finalizar o post de hoje, mais um email que eu recebi...

SEM PRECONCEITOS, OK? Mas é interessante...



Tente encontrar a 4ª pessoa olhando pra vc.....






















dá uma olhada ... alguém encostadinho na cabeça entre primeiro e o segundo rapaz, da esquerda pra direita.


...............

por hj, that's all ;D

Bjsss

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Filmes

Oiee,

o ano mal começou e já tivemos aquela tragédia em Angra dos Reis, a "imortal" Hebe descobriu que tem câncer, uma favela na zona sul de SP pegou fogo, começou o BBB10 [por mais que critiquem, TODO mundo comentou sobre o programa no 1º dia e vai ser assim até o final], um terremoto matou mais de 100mil no Haiti... esse ano começou com a corda toda, e promete ser bem emocionante nos próximos meses [mas espero que seja emocionante positivamente]até porque já teve desgraça o suficiente na 1ª quinzena p/ ano todo. Mas mudando de assunto, férias = ler mt, ver mt filme e seriado, viajar.. enfim, relaxar. Então vou falar sobre uns filmes que eu assisti recentemente:



Sinopse: Connor Mead (Matthew McConaughey) é um fotógrafo de celebridades que coleciona ex-namoradas. Acreditando que a vida serve apenas para se divertir e namorar, Connor não entende como alguém pode ter um relacionamento duradouro. Quando seu irmão Paul (Breckin Meyer) se casa ele reencontra Jenny Perotti (Jennifer Garner), a única mulher pela qual realmente se envolveu. À noite ele recebe a visita do tio Wayne (Michael Douglas), um playboy dos anos 70, que lhe diz que receberá a visita dos fantasmas de três ex-namoradas. Através delas Connor percebe as falhas de seus relacionamentos anteriores.

->Matthew McConaughey, p/ variar, faz papel de garanhão. Ainda não assisti nenhum filme dele em que ele interprete algo diferente disso, talvez seja porque ele o interprete muito bem e faça com que os telespectadores criem uma simpatia pelo cafajeste que no fim sempre demonstra ser um romântico fofo. Seja como for, essa é mais uma comédia boa p/ passar o tempo e que dá p/ rir. Michael Douglas no papel do tio fantasma garanhão ficou muito bom. P/ quem curte filme água com açúcar que nem eu, vale a pena ;D



Sinopse: Jovem descobre que pode viajar no tempo, atuando nos fatos do passado para modificar o futuro. Ele usa esse dom para impedir que sua namorada seja assassinada e, como conseqüência, acaba desencadeando uma cadeia que o coloca em contato com um perigoso serial killer.

->P/ que que insistem em fazer continuação? Como já não bastasse ter o 2, fizeram o 3 e espero que não façam mais nenhuma, eu assisto de teimosa e curiosa mesmo. "Efeito Borboleta" é um dos meus filmes preferidos. Eu achei mt interessante o 1º, e o final eu achei que não poderia ter sido mais perfeito. Mas o 2 e o 3 foram outras histórias com outros personagens. Ficou algo desconexo com atores ex-participantes de seriados (a protagonista do 2º foi a Louis Lane de Smallville, e o do 3º foi o Luke de The O.C, esqueci o nome deles xD), nada contra, mas eu achei ambos inexpressivos. Dá p/ ver o filme, dá. Até prende a atenção em um momentos, mas não tem como comparar com o 1º e eu gostaria de pensar nesses filmes não como continuações, pq ñ são, mas como filmes medíocres com o mesmo nome apenas.



Sinopse: Sandra Bullock interpreta Margaret Tate, uma imigrante canadense que cria um clima difícil e complicado entre seus subordinados no escritório em que trabalha. Quando chega a notícia que ela está prestes a ser deportada para seu país, Margaret apressa-se em conseguir um casamento de conveniência com seu jovem assistente Andrew Paxton (Ryan Reynolds) para impedir que tal calamidade ocorra.

->Adorei esse filme. Como eu já falei e vocês já notaram, eu adoro comédias românticas, e assisto todas que posso. São os tipos de filme leve que deixam a gente até bem-humorada depois de assistí-los, enfim não são todos que me agradam tanto, e eu nem estava botando muita fé nesse, mas ao invés de ser só mais um filme sobre uma jornalista/editora bem sucedida que fica com o cara bonitão no final, esse filme me fez rir numas cenas. Rir mesmo. Qnd vi a capa do filme, pensei "Sandra Bullock e Ryan Reynolds? Não devem ter química nenhuma" e eles provaram justamente ser um casal bem legal e divertido nas telonas, então p/ quem curte o gênero, assista!



Sinopse: Georgia (Nia Vardalos) é uma americana de origem grega que trabalha como guia turística justamente... na Grécia. Sua vida é extremamente entediante e ela vive sempre cansada, pois os turistas parecem curtir mais as compras do que aprender alguma coisa sobre a Grécia. Hotéis baratos, ônibus velho, calor infernal e turistas "engraçadinhos" tornaram Georgia uma mulher frustrada. Até o dia em que Irv Gordon (Richard Dreyfuss) aparece. Com seu senso de humor ele tenta mostrar todas as possibilidades de viver bem, ser feliz e não perder a chance de ter um grande amor, enfim, recuperar seu kefi, como dizem os gregos. Agora cabe a Georgia parar de reclamar e perceber que tudo isso sempre esteve bem embaixo do seu nariz.

->Sim, mais uma comédia romântica ( e a última por hj). O melhor do filme? A paisagem. Eu sempre tive uma certa fascinação pela Grécia, e esse filme só aumentou minha vontade de ir lá. Além de ser divertido e tal, vou fazer um comentário bem "girlie": "O cara do filme é um espetáculo!!!" (google Alexis Georgoulis). Ou seja, além de ser um bom filme, com a paisagem maravilhosa, ainda tem um cara lindo [p/s meninas] e grego [ñ um ator americano as usual]. Recomendo ;D



Sinopse: Sherlock Holmes ficou conhecido por descobrir a verdade sobre os mais complexos mistérios. Com a ajuda do Dr. John Watson, seu leal aliado, o renomado “detetive conselheiro”, é singular em sua busca por criminosos de toda e qualquer estirpe, seja confiando apenas em seus afiados poderes de observação, em suas notáveis habilidades dedutivas, ou pela força de seus punhos. Mas agora uma tempestade está se armando sobre Londres, uma ameaça diferente de todas já enfrentadas por Holmes – e é exatamente o desafio que ele está procurando. Depois de uma série de assassinatos violentos ligados a rituais, Holmes e Watson chegam a tempo de salvar a última vítima e acabam descobrindo o assassino: o impenitente Lorde Blackwood. À medida que a data de seu enforcamento se aproxima, Blackwood – que aterrorizou os colegas de presídio com sua aparente conexão com forças malignas e poderosas – alerta Holmes e Watson de que a morte não será seu fim e que, na verdade, a execução está prevista nos planos de Blackwood. E quando, depois de todas as indicações, Blackwood cumpre a promessa, sua aparente ressurreição espalha o pânico por Londres e confunde a Scotland Yard. No entanto, para Sherlock Holmes, "o jogo está apenas começando".

->Leu os livros? Ótimo, então não caia no erro de comparar com o filme, porque isso é sempre frustrante e não tem como comparar. Digamos que eles aproveitaram algumas coisas do livro (como o nome dos personagens) e fizeram um filme bem diferente. Esse Sherlock é um cara musculoso, que luta, é duro de matar e é "engraçadinho". O Watson é um cara jovem, bonito e que também luta. O início do filme me pareceu uma adaptação de um livro do Dan Brown, e uma outra cena me lembrou uma outra cena (eiita que confuso) só que de Jogos Mortais IV [a cena do porco, quem viu vai entender]. É legal? É.. dá p/ ver na boa, dá até p/ rir, mas se você achar que conhece o Sherlock pq viu o filme, for God's sake, vá ler o livro e depois me conte o que você achou ;D

Por hoje é só,

Bom fds ;D

bjsss

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

2012

Olá,

eu sei que é um pouco cedo (ou tarde demais) e já virou até clichê o assunto, mas achei um texto meu que tava na gaveta (gíria jornalística) sobre 2012 e resolvi postá-lo hj ;D

Era uma vez, um planeta que surgiu do nada e milhares de teorias foram criadas tentando explicar o aparecimento desse globo azul no universo, agora surgem muitas outras teorias, tentando explicar o suposto fim desse caos inexplicável.

2012 e o mundo puff... acaba. Acaba? Ou essa é mais uma história para fazer com que as pessoas sejam boazinhas e cuidem do nosso planeta quando na verdade elas vão entender 2012 como prazo limite para fazer "muchas cositas" impróprias e superpovoar a Terra?
Seja lá como for, essas teorias não surgiram do nada, umas tem bases científicas, religiosas, enfim, é o que vamos analisar no decorrer desse texto.

O calendário maia

O calendário maia é um sistema de calendários distintos usados por essa civilização que podiam ser sincronizados dando origem a ciclos posteriores e extensivos. Um dos calendários era o Tzolk'in que era usado para determinar o momento de eventos religiosos e cerimoniais para divinação tendo apenas 260 dias. Sua origem é desconhecida, mas há teorias que dizem que é um calendário que vem de operações matemáticas baseadas nos números 13 e 20 (que eram importantes na cultura maia) que multiplicados resultam em 260, outra, diz que o período de 260 dias vem da duração da gestação humana; e ainda há as que digam que é baseado nas colheitas, astronomia, etc.

Um outro calendário era o Haab', que era um calendário solar de 18 meses; cada mês teria 20 dias mais um período de 5 dias no fim do ano, conhecidos como Wayeb' que eram tidos como perigosos, pois eles acreditavam que durante esse período, "portais entre o reino mortal e o Submundo se dissolviam. Nenhum limite impedia que as deidades (fontes de tudo aquilo que é divino) mal-intencionadas causassem desastres". Esse calendário era baseado em 365 dias no total.

Nem o Tzolk'in nem o Haab' numeravam os anos, portanto, a combinação de uma data de um calendário com uma data do outro era suficiente para identificar uma data para a satisfação da maioria já que tal combinação não se repete antes de 52 anos, expectativa de vida essa, muito alta para a época.

O ciclo do calendário se repete a cada 52 anos Haab', e o fim deste ciclo era um período de má sorte e tensão para os maias. Para eles, a Terra teria 5 grandes ciclos, e o final do 5º ciclo seria dia 21/12/2012 onde o sol do solstício se alinharia com o centro de nossa galáxia, esse alinhamento cósmico é raro e só ocorre uma vez a cada 26 mil anos. Durante esse alinhamento, ocorre simultaneamente um fenômeno que consiste na mudança do eixo da terra em relação à esfera celeste chamado precessão. Uma precessão completa leva 26 mil anos.


Asteróides

Uma outra hipótese é de que a Terra e o asteróide VD17 2004 poderiam colidir no
dia 4 de maio de 2012. Tal impacto liberaria 10 mil megatons de energia, causando a destruição em massa do nosso planeta. As chances de que isso ocorra é de “pouco menos de 1 por 1000”.

Um outro asteróide, o 2003 QQ47, poderia vir a colidir com a Terra em 21 de março de 2014, mas as chances de isso ocorrer são de uma em 250 mil.

É tão provável que isso ocorra quanto eu ganhar na loteria umas três vezes...

Nibiru

Nibiru ou Planeta X , para os sumérios, é o 12º planeta, pois estes descreviam o nosso sistema solar como um conjunto de 12 corpos celestes significativos. Todos esses astros são chamados “planetas”, inclusive a Lua e o Sol.

Segundo Zecharia Sitchin, a cultura suméria teria sido criado pelos “annunaki”, que seriam os habitantes de Nibiru. Devido à órbita excêntrica do mesmo, isso faz com que o planeta passe milênios totalmente invisível e apenas quando sua posição é favorável, os annunaki interferem no curso da história humana. Suas visitas a Terra seriam a cada 3 mil e 600 anos terrenos.

A passagem deste planeta nas proximidades da Terra surte efeitos, tais como: a causa da mudança nos pólos da Terra, nas marés, no clima, nos desvios da órbita e choque com asteróides que são arrastado pelo “intruso”. Por exemplo, Nibiru poderia ter provocado o fim da época dos dinossauros ou até mesmo, a extinção da vida em Marte.

Catástrofes naturais

Tsunamis, erupções vulcânicas e terremotos também estão entre as possíveis catástrofes de 2012.

Uma das ameaças é o vulcão Yellowstone, situado no noroeste do estado de Wyoming, que pode vir a entrar em erupção; caso isso ocorra, duraria cinco dias e após três meses, uma nuvem de poeira cobriria o hemisfério norte, diminuindo a temperatura a - 30ºC, fazendo com que o hemisfério sul tenha uma estação seca por tempo indeterminado e com temperaturas que chegariam a 50ºC.

Há também especulações sobre uma Tsunami afetando a Costa Leste dos EUA, causando uma erupção vulcânica próxima às Ilhas das Canárias e tal fato, atingiria a costa norte e nordeste do Brasil.

Terremotos como o “Terremoto de Tokai”, no Japão e o “Big One”, em Los Angeles também são causa de medo entre os cientistas.

Mas acalmem-se! Nem tudo é fatalidade...

Para alguns monges tibetanos, poderá haver uma guerra atômica por volta deste ano, mas essa não destruiria o mundo todo, pois haverá uma intervenção extraterrestre.

Já o Timewave Zero (Teoria da Novidade), é um gráfico desenvolvido por Terence McKenna que estudou a transformação espiritual e através de estudos do I Ching (livro de magia e adivinhação tido como oráculo que é composto por 64 hexagramas), ele chegou a conclusão que este tem um comportamento alternando entre picos altos e baixos, e nos picos altos que ocorreram as grandes tragédias da humanidade. O último grande pico teria sido em 1968, ano de mudanças culturais no ocidente e o ponto final dos tempos no gráfico do Timewave Zero foi indicado para o meio do mês de novembro de 2012.
Mas depois de reparar no fim do 13º batkun (ciclo de grande criação mudando o destino de todos que encarnam nele; dura 394 anos) do calendário maia, Terence mudou sua data para 21 de dezembro de 2012.

De acordo com o gráfico de McKenna, os grandes períodos de novidade aconteceram: há 4 bilhões de anos, quando a Terra foi criada; há 65 milhões de anos, quando houve a extinção dos dinossauros; há 10 mil anos atrás, após o fim da Era do Gelo; no séc XVIII, nas revoluções sociais e científicas; durante os anos 60; no período de 11 de setembro; durante a crise financeira de 2008; em outubro de 2010 e a última, em 21 de dezembro de 2012.

Para o Timewave Zero, essa data marca um equilíbrio, um fim dos velhos paradigmas, um novo começo onde nada será como antes. Tendo em vista o mundo louco em que vivemos, isso seria ótimo.

Os espiritualistas esperam pelo dia do “Juízo Final”, que se dará com a chegada do messias gerando um colapso do sistema econômico, dando início a uma nova civilização: voltada para o amor, fraternidade e espiritualidade (uma geração hippie moderna, quem sabe?!).

Fim do medo, mudança consciencial, início de uma nova Era... deem o nome que quiserem; essas teorias desse suposto fim, podem ser mais uma tentativa desesperada do ser humano de acreditar que esse individualismo todo vai acabar, e um novo mundo irá surgir. Uma utopia? Sim... não... Só Deus (e nossos amigos extraterrestres) que sabem. Que venha 2012...mas só se essas teorias forem todas furadas mesmo, caso contrário, não tenho pressa.

Espero que tenham gostado ^^

Bjss

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Memórias de uma fã

Olá,

ao conversar com uma grande amiga minha, recordamos sobre vários momentos, inclusive uma fase que foi bem marcante para nós: a fase "B5". Lembro de tudo como se fosse hoje, e vou compartilhar alguns miquinhos com vocês.

Memórias de uma fã

“Parece que foi ontem, que tudo terminou, e todo tempo é pouco, nada modificou...”
(Só mais uma vez – B5)

Parece que foi ontem que eu era uma menina de 11 anos fã da banda B5. Ao conversar com minhas amigas daquela época, eu lembrei de vários momentos dessa fase. Vou contar algumas, mas tenham em mente que éramos pré-adolescentes fanáticas.

Como tudo começou:

Tínhamos aulas de história com o professor Aloysio, que era pai de um dos guitarristas. Até então, nunca tínhamos ouvido falar naqueles caras que eram da nossa escola e tinham uma banda. Um belo dia, o professor ao invés de dar aula, levou o clipe de “matemática” (que foi gravado no colégio e a Stephanie Brito – mulher do Pato tinha participado) para a gente ver. Ficamos encantadas com aqueles cinco garotos que até poucos minutos atrás a gente nem sabia que existiam. E foi assim que tudo começou.

A partir de então, em todas as aulas de história, o professor só falava deles e o nosso “encantamento” só aumentava.

Eles estudavam de manhã, e nós, à tarde. Então começamos a chegar mais cedo no colégio, só para vê-los. Chegamos ao cúmulo de chegar a pedir autógrafo e mandar cartas de mais de um metro. Fomos suas fãs mais fieis, e eles reconheciam isso. A partir de então, eles falavam “oi” com a gente, e nós derretíamos.

Quantos micos pagamos por causa deles...

A mãe dos três irmãos da banda (Edu, Bê e Lucas) dirigia uma picape prata, cabine dupla com o logo da banda que era uma mão escrita B5. A picape chegava no colégio, e sabíamos que era hora deles irem embora. Então sentávamos num gramado perto da cancela “casualmente” só para eles darem tchau, toda vez que iam embora. Parece idiota (e até era mesmo), mas na época era um máximo!

Conforme eles ficavam mais populares, pessoas de outros colégios iam lá para vê-los, outras pediam para nós pegarmos autógrafos deles. Lembro-me que nessa época, fizemos amizades com as amigas deles, e elas contavam histórias de como eles eram, com quem eles ficavam, etc. Os professores também, falavam se eles eram bons alunos, quem era mais bagunceiro... Sabíamos tudo sobre eles.

O Eduardo, vocalista e guitarrista da banda, era o mais velho e tinha aulas a tarde toda 5ª feira. Na hora que nosso recreio acabava, o dele começava. Quantas vezes enrolamos para subir para aula só para vê-lo e ele sempre simpático, falava com a gente. Uma vez, chegamos ao cúmulo de pedir para o inspetor levar ele na nossa sala, e o inspetor levou. Estávamos na quinta-série e ele apareceu na porta. Cada uma das minhas amigas foi abraçá-lo e eu, morrendo de vergonha, (pois ele era meu preferido) fiquei sentada. Uma amiga minha até chorou, e olha que ele nem era o preferido dela...


O preferido dela era o Léo, que era o baixista e vocalista da banda. Lembro como se fosse hoje o dia que nós o conhecemos.

Toda sexta-feira, tínhamos educação física de manhã, e quando saíamos da aula, almoçávamos no colégio (não dava tempo de almoçar em casa, e assim os víamos por mais tempo). Um dia, depois de ter almoçado no Mix, sabíamos que o Léo iria até lá falar com a gente. A minha amiga surtou. Eu fui ao banheiro e ela foi até lá e berrou “ahhhhhhhhh, ele tá chegando”, levei um susto tão grande com o berro que até pulei da privada. Fui lavar as mãos e ela me apreçava e puxava ansiosa. Sentamos e ele ainda não havia chegado.

Quando ele chegou, foi uma cena que eu só posso descrever como bizarra. Minha amiga começou a chorar e se “escondeu” de baixo da mesa. Esconder não é bem a palavra porque a mesa era daquelas de lanchonete onde o suporte é no meio, ou seja, não tem quatro pés. E só dá p/ se esconder debaixo de mesas quando essas tem uma toalha comprida o suficiente para ir até o chão, mas isso não vem ao caso.

Sabe quando você vê uma coisa grotesca e você sente vergonha pelos outros? Foi exatamente aquilo que eu senti. O Léo não esperava aquela reação dela, mas foi super simpático, o que só fez ela chorar e se derreter ainda mais.

É incrível a que ponto a gente pode chegar. Teve uma outra ocasião, que uma outra amiga minha, pegou a lata de coca-cola do Bê (baterista) para guardar de recordação (sim, isso é nojento), entre outras coisas...

Uma colega nossa, tinha um irmão que era muito amigo dos meninos e de vez em quando eles dormiam lá. Ela chegou ao ponto, de pegar o guardanapo sujo de suco de uva do Léo, para guardar de recordação.

A essa altura vocês devem estar pensando “Afz, que meninas ridículas”, mas volto a repetir que éramos meninas na puberdade, cujos ídolos (que nessa época tem um grande significado) estavam próximos de nós e falavam com a gente.

Na época, eles tiveram certa notoriedade. Saíram em algumas revistas (como atrevida e revistas teens do tipo) e jornais. Nem preciso dizer, que mesmo que só houvesse uma foto deles no pé da página, nós comprávamos do mesmo jeito.

Eles foram a uns programas de tv como “Mtv, fica comigo”, onde houve um certo conflito entre o Bê e o Leandro do KLB, pois o Leandro criticou o fato do Bê não ter ficado com a menina “em respeito as fãs” chamando-o de imbecil (ou algo do tipo). Foram no “Disney Channel Zapping Zone”, e o Robson que apresentava foi até o nosso colégio para fazer a matéria. Apresentaram-se no “Criança Esperança”, tiveram seus clipes na MTV e foram em outros programas. Abriram o show do “Simple Plan” e do “Rouge” (nesse show eu fui e não sabia que eles abririam, imagina a minha reação quando eu os vi lá). Acompanhamos tudo isso fielmente.


De tanto sermos fãs, uma mãe de uma amiga minha se tornou amiga da mãe dos irmãos da banda, e nos convidou para ir ao ensaio na casa deles. Nem preciso dizer o quanto ficamos eufóricas.

O Lucas (percussionista) havia esquecido seu casaco no colégio e uma minha amiga achou e esperou para entregar no dia em que fomos lá. Era um dia chuvoso e fomos todas no mesmo carro. Chegando lá, na afobação de sair do carro, minha amiga tropeça e deixa cair o casaco dele na poça. Ela fica muito envergonhada, mas a Adriana (mãe deles) ri do fato e agradece por ela ter achado e devolvido.

Entramos na casa. No caminho do estúdio, há vários cds no chão debaixo de um vidro e um muro branco onde os amigos deles deixaram mensagens.

Assistimos ao ensaio que foi basicamente um show particular, tiramos fotos e saímos com um sorriso de orelha a orelha como se tivéssemos dormido com um cabide na boca.

Até em um dos aniversários dos gêmeos (Bê e Lucas) nós fomos, pois a mãe deles “tinha” um lugar chamado “Estúdio Alternativo” onde havia tipo uma boate aos domingos à tarde, e um dos aniversários deles foi lá. Conseguimos comprar os convites para ir, afinal sempre que podíamos nós íamos lá.


Logicamente, como boas fãs, estávamos presentes no primeiro show deles. Lembro-me que foi no dia 28 de setembro, só não lembro o ano exatamente. A data me marcou, pois foi o dia do casamento do meu avô o qual eu faltei só para ir ao show. Tínhamos uns 11,12 anos e fomos sozinhas (ou seja, os pais levavam e buscavam, mas não ficavam no recinto). Ficamos grudadas no palco, se esticássemos a mão, tocaríamos neles. Acabei com o filme da máquina durante o show. Depois do show, fizeram uma fila para todas as pessoas irem ao camarim. Fomos as últimas da fila, ficamos lá até tarde só para entrar e falar com os caras que a gente via basicamente todo dia. Na hora da foto coletiva, como meu filme já tinha acabado, ficamos sem.

Depois desse, ainda fui em mais uns quatro shows. Um deles na agropecuária, onde eles se apresentaram depois dos Paralamas do Sucesso, e quem já foi a shows lá sabe o quanto demora para começar. Demorou um tempão para começar o show dos Paralamas, aí aguentei duas horas e meia de show aproximadamente, depois mais uma hora para arrumarem o palco para eles entrarem. No fim das contas, cheguei às 5h da manhã em casa exausta, pois havia acordado às 6 horas naquele dia porque tinha tido aula.

Lendo isso tudo, parece loucura o que fizemos e pode até ser que tenha sido, mas eu não me arrependo em nenhum momento, pois isso me marcou. Foi uma fase extremamente divertida e que só me trás recordações boas. Pagamos muitos micos, fizemos certos “sacrifícios” mas no final das contas, tudo valeu a pena.




foto do 1º show no Petrô (naquela época não tinha máquina digital, mt menos zoom)





eles abrindo o show do Rouge

Repararam que desde pequena que eu adoro show né? hahahaha

Bom fds gente ;)

Bjss

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Previsões



Olá meus queridos leitores,

primeiro post do ano \ooooooooooooooooo/, como foi a passagem de vocês? Muita cidra na cara? Muitos fogos que só fazem barulho do lado de sua casa? Pularam as 7 ondas? Espero que tenha sido bem bacana para todos ;D

Infelizmente, o ano começou de forma trágica para muitas pessoas que foram vítimas de soterramento, principalmente em Angra dos Reis com o soterramento de uma pousada e de casas... A todos os familiares, espero que eles encontrem forças num momento tão difícil e que o decorrer do ano seja maravilhoso p/ compensar esse início terrível...

Não podia deixar de comentar a gafe de uma das relíquias do jornalismo televisivo, Boris Casoy [veja o video no youtube]:



Ele não tinha percebido que seu microfone estava aberto e acabou fazendo um comentário super infeliz e preconceituoso sobre os garis. “Que merda! Dois lixeiros desejando felicidades do alto das suas vassouras. Dois lixeiros! O mais baixo da escala do trabalho…”, disse Casoy, antes de ser interrompido por uma voz que gritou “Deu pau! Deu pau!” [fonte:kibeloco]

-> E o comentário mais baixo na escala "gafes do ano" com certeza foi a dele. Com microfone aberto ou fechado, um pensamento assim é horrível do mesmo jeito. Menosprezar uma classe trabalhadora? Todos os trabalhos são importantes. Quem que vai limpar os lixos que as pessoas porcas espalham todos os dias pela cidade? Imagina se não tivesse ninguém que limpasse, o mal aspecto que seria, o mal cheiro e as doenças que não teria.

P/ mim não existe o mais baixo na escala do trabalho e sim, na escala evolutiva, e são comentários como esse que ilustram bem tal coisa.

***************************




Depois de ter escutado as pessoas falando que era o pior livro do Dan Brown, eu fiquei desanimada p/ ler o livro e já estava sem expectativas, pensava "pow, não pode ser pior que Ponto de Impacto". Mas qnd comecei, não consegui parar. Depois de "Anjos e Demônios", esse p/ mim é o segundo melhor dele. Os símbolos, a maçonaria.. é tudo MUITO interessante e não é cansativo. Normalmente ele se prolonga ao falar das teorias, e tem livros onde não há muita ação. Mas nesse, é perseguição do início ao fim e foi o primeiro livro dele que em determinada parte eu falei "por essa eu não esperava". Para os fãs de Dan Brown, não deixem de ler!

E p/ finalizar, vou postar mais um dos meus momentos piegas e de "falta do que fazer resulta em texto nonsense", hahahaha

Previsões

Mais um ano que se inicia e o que podemos esperar?

Algum famoso vai morrer de forma inesperada, algum global vai casar, casais vão se separar, crianças “famosinhas” vão nascer, algum imbecil vai arrumar alguma forma de chocar ainda mais a humanidade. Tacando uma criança pela janela? Enfiando agulhas numa criança de dois anos? Ah, peraí, isso já foi feito! Um ano NOVO seria se nada disso acontecesse.

Beija-flor, Mangueira, Imperatriz ou Salgueiro vai ganhar o desfile no Carnaval. Novos bordões de novela vão ser falados por boa parte da população, mais um Big Brother vai começar e até julho já vão ter esquecido o ganhador, alguma gripe maluca vai surgir e deixar o mundo com medo, gripe suína 2.0 talvez?

A Disney vai lançar algum grupo que vai fazer sucesso durante o ano, até divulgarem fotos comprometedoras de alguém do grupo e acabar, vai ser lançado um mp12647823 que tira foto, tem música, vídeo, canta, fala, limpa sua bunda e tudo o mais, alguma atriz que está na geladeira vai fazer filme pornô, alguma banda famosa vai voltar e outra acabar, Romário vai descobrir mais um filho por aí, cantores bregas e falidos serão eleitos deputados e com toda certeza, no final do ano vai ter o especial do Roberto Carlos na Globo.

Um filme sobre favela vai ser lançado, Angelina Jolie adota mais um ou engravida de novo (ou ambos), Jesus Luz que já está bem famoso vai terminar com a Madonna, alguma relíquia da TV vai bater as botas e o Pânico vai achar alguém bizarro p/ tornar ícone...

É... entra ano e sai ano, mas nada muda. Pessoas nascem e morrem. Casam e se separam. Umas tem seus 15 minutos de fama, o Senado continua uma piada, o ser humano continua fazendo cagada e continuamos tendo a falsa ilusão que vai ser tudo diferente. Nós até podemos mudar, uns podem parar de fumar, outros podem emagrecer os quilos que queriam e ainda outros podem largar as drogas e encontrar Jesus. Mas nada disso importa se não nos dermos conta de que não estamos sozinhos e que o que vai realmente fazer a diferença é um abraço que você não dá, uma palavra que você não fala... O mundo sempre será mundo, mas você pode se tornar o melhor que você pode ser.

Então... faça a diferença! Faça com que esse ano que se inicia, seja realmente NOVO.

Bom fds ;D

Bjsss