http-equiv=’refresh’ content=’0; Boulevard of Ideas: Pedro Bandeira, Ziraldo e J.K. Rowling

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Pedro Bandeira, Ziraldo e J.K. Rowling

Olá,

eu não tenho postado tão frequentemente como antes, mas é que eu realmente não sei o que escrever, então resolvi falar um pouco sobre uma das minhas paixoes: livros.

Eu sempre li muito, então vou falar um pouco dos autores que eu aprendi a gostar...

Não vou listar por ordem de preferência, até pq todos são excelentes e muito diferentes...

Pedro Bandeira: na 6ª serie, ao inves de "O homem que calculava" de Malba Tahan que a principio, seria o nosso livro extra-clase, minha prof escolheu "A Droga da Obediência" para lermos. Graça a Deus que ela trocou, pois foi com esse livro que eu comecei a ler os livros dele.

-A Droga da Obediência
-A Droga do Amor
-Droga de Americana!
-Pântano de Sangue
-Anjos da Morte

Esses 5 livros formam a coleção dos "Karas", que é formado por Miguel (o líder), Calú (o ator), Magrí (a atleta) e Crânio (o gênio da turma). São livros de aventura, com suspense até um pouco de romance, que prendem muito a atenção e são muito fininhos, é um ótimo passatempo.

Dos 5, o que eu mais gostei foi "Anjos da Morte", pois fala sobre o nazismo também. Eis a sinopse: O professor de teatro de Calú é assassinado pouco antes da estréia de sua nova peça. A única pista é um ameaçador folheto neonazista. Surge um novo caso para os Karas. O principal suspeito é um ex-oficial alemão, comandante de uma organização mundial que pretende somar o dinheiro e o poder dos criminosos com o tenebroso ideal.

Outros livros dele que eu li: "A Marca de uma lágrima", muito bonitinho esse livro ^^
e "O Medo e a Ternura" é um bom livro também, mas é mais trágico...

Ziraldo: como não gostar de "O Menino Maluquinho"? O personagem deu origem a histórias em quadrinhos, filmes e peças de teatro, e de um jeito inocente e sapeca, ele conquista a todos com suas travessuras [falei igual o cara da sessao da tarde agora hahaha].

Eu tenho uma pequena coleção dele aqui em casa, e por mais infantil que os livros sejam, são ótimos!

-O menino mais bonito do mundo - um livro infantil que fala da criação, Adão e Eva. As ilustrações que dão um toque especial p/ livro ;D

-O menino marrom - "Sua pele era cor de chocolate. As bolinhas dos olhos pareciam duas jabuticabas: pretinhas. Os cabelos eram enroladinhos e fofos. Pareciam uma esponja." A capa do livro é tão simpática, é da mesma coleção que "o menino mais bonito do mundo", essa coleção são p/s crianças que estão aprendendo as "coisas da vida" ainda, que abordam assunto complexos de maneiras fáceis e criativas.

- Menina Nina, duas razões para não chorar - o livro mais comovente do Ziraldo, confesso que sempre choro ao ler esse livro, pois é a história de uma menina que perde a avó. O livro é narrado de um modo doce, numa linguagem carinhosa e simples, como se o próprio autor estivesse conversando com a neta sobre um assunto dificil p/s crianças entenderem, a morte.

- Outro como eu só daqui a mil anos - Menino Maluquinho narra esse livro, e é muito interessante pois ele aborda história e personalidades, ou seja, um menino que teve o privilégio de ver a virada do milênio, por isso, o título.

- O menino maluquinho - Clááááássico, mt divertido! Eu adoro livros que tem uma mensagem no final, por mais "boba" que seja. Foi lendo livros assim que aprendi muitas coisas =D
"Ziraldo tá com a razão. Infância verdadeira é isso que ele conta em figura e verso gostosos que nem torta de chocolate. Quem viveu assim, sabe. E quem não viveu... que pena!" - Carlos Drummond de Andrade
Quem somos nós p/ discordar?

- Tantas Tias - de modo divertido, o livro fala sobre tias. hauihaauihaua

-Vovó Delícia - descreve a figura da vovó atual de acordo com a visão de Ziraldo. As ilustrações desse livro são mt legais, bem diferentes ;D

-Uma professora muito maluquinha - Conta a história de uma professora que tinha métodos e uma didática muito diferente do normal. Conquistou seus alunos com seu modo de ser e com suas atividades cativantes. O livro retrata diversas formas de ensinar e divertir os alunos. Todo mundo que quer dar aula um dia devia ler esse livro, fikdik! auiahiuahauiahauiha xD

- O livro do riso do menino maluquinho/ Rolando de rir - livros de piada infantis, na época que as crianças não eram safadas e riam de piadas inocentes. Eis uma piadinha do livro:
Verão. A moça entra na loja e diz p/ vendedor:
-Posso experimentar esse biquíni na vitrine?
E o vendedor responde:
-Poder, pode, mas vc não acha melhor experimentar no provador?
huiahauiahaiuhihaiahauihuiahauiahauihauahuahau

J.K. Rowling - autora mais brilhante que eu já li. Com sua criatividade sem fim, criou um mundo fantástico que conquistou legiões de fãs de todas as idades. É claro que eu não poderia deixar de citar a autora de "Harry Potter", afinal eu tinha 10 anos quando comecei a ler os livros, e como todo mundo que leu, viciei. Cresci acompanhando a série, passei momentos inesquecíveis por causa da serie, como: debater sobre os livros com os amigos, comprar albuns de figurinhas, esperar ansiosamente pelo próximo volume, pelos filmes.. falando assim parece coisa boba, mas foi uma fase muita gostosa que tenho certeza, que marcou todos os fãs da série.

Não é qualquer pessoa que é nomeada pela Rainha Elizabeth como Officer of the British Empire, tornando-se Lady J.K.Rowling, recebe de Nicolas Sarkozy, presidente da França, a insígnia de Cavaleiro da Ordem da Legião de Honra, entre muitas outras honrarias.

Eu poderia falar taaaaaaaaaantas coisas marcantes da série como o quadribol, o torneio tribruxo, as horcrux, os personagens, as aulas, os feitiços, as poções, as "lutas".. mas ficaria horas aqui e palavras nunca seriam suficientes p/ passar p/ quem não leu o livro, o mix de adrenalina e ansiedade que a gente sentia ao ler [ou melhor, devorar] cada página.

Só p/s contar, "O cálice de fogo" p/ mim, é o melhor livro da série, aquele torneio e o fato de ter outras escolas, foi MUITO legal!

"Os Contos de Beedle, o Bardo" é um livro que ela escreveu p/ angariar fundos p/ crianças com câncer, se não me engano, e é bem bacana também. São 5 contos, com comentários de Dumbledore =)

Por hoje, eu citei 3 autores que eu amo, não vou citar todos pq señ o post ficaria gigante e eu ficaria sem assunto p/ posts posteriores xD~

Bjinss

3 comentários:

  1. Eu li poucos livros do Pedro Bandeira, acho q soh a droga da obediência e a droga do amor, se eu li mais algum eu naum lembro ahuahuah mas ele escreve mt bem!
    Naum conheço mt coisa do Ziraldo, soh o menino maluquinho e a prof maluquinha q eu gostava d ler as vzs!
    E Harry Potter eh um dos melhores livros q jah li, incrivel a imaginação da J.K.Rowling...
    Mt bom o post!
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Se eu fizesse um post que nem esse, listaria o grande Machado e Franz Kafka. Mas como você acha o Assis um chato, deixa pra lá. Hahaha

    ResponderExcluir
  3. Salve, salve!
    Pedro Bandeira, quem diria! Como me esquecer das aventuras dos KARAS? Li A Droga da Obediência e Droga de Americana! Muito bons, mesmo sendo para o público mais infantil. Mas vem cá, também cheguei a ler O Homem que Calculava mais tarde e achei muito bom! Mas tenho certeza de que na época ninguém ia gostar... Pedro Bandeira foi mesmo a melhor escolha.
    De Ziraldo não tenho nem palavras. O cara é um gênio, um dos maiores escritores (e ilustradores) brasileiros. É uma pena que tenha sabido tarde demais que ele vinha a Petrópolis. Dos que vc citou só li O Menino Maluquinho e Uma Professora Muito Maluquinha. Ambos são muito bons, mas tem um dele que eu acho o mais extraordinário: FLICTS. Já leu? Recomendo ao cubo.
    Bom, de JK Rowling postei um texto só falando de sua obra máxima, o que já deve dar uma ideia de como eu, assim como vc, também admiro muito essa escritora. Criativa, inteligente, excelente na construção de personagens e descrição de lugares, abandonei logo a ideia de que um livro infanto-juvenil só era bem contado se tivesse figura. Rowling provou exatamente o contrário: que a sensação causada pelas palavras, quando bem escritas, despertam a realização fiel de uma cena na cabeça do leitor. Também gostei demais de O Cálice de Fogo, mas fico em dúvida quando me perguntam qual que eu gostei mais... acho que não vejo mais Harry Potter através de 7 livros, mas sim de uma série contínua dividida em sete partes.
    Adorei o post sobre livros, esse assunto me empolga!
    _________________________________
    Respostas:
    Sim! Eu tinha uma varinha! Huhauahuaha. Era ridículo, mas eu me diverti um bocado tentando aprender Wingardiun Leviosa no meu quarto...
    Ah, no RPG eu fiquei entre Lufa-Lufa e Corvinal, mas acabei indo para Corvinal!
    É mesmo, lembro da Elisa passando esse filme e fazendo a prova depois. Huhauahua acho que foi a prova mais fácil e agradável que eu já fiz em toda a minha vida!

    Beijão.

    ResponderExcluir